Página Inicial / Dicas Para Concurso Público / Não tenho tempo para estudar e agora?! 5 dicas práticas para ter mais tempo no dia a dia

Não tenho tempo para estudar e agora?! 5 dicas práticas para ter mais tempo no dia a dia

Você já ouviu a frase: “Eu queria muito passar num concurso público, mas eu não tenho tempo para estudar”? Ou pior ainda, você já se pegou dizendo essa frase?

É muito provável que sim, assim como eu já ouvi e já disse frases como essa muitas vezes. E, na verdade, não apenas em relação a um concurso público, mas em relação a muitas outras coisas na nossa vida.

E o pior de tudo é que eu conheço (e você também deve conhecer) muitas pessoas que passam a vida inteira se ocupando de muitas coisas, mas que nunca tem tempo para fazer as coisas que realmente gostam ou, pior ainda, realizar os próprios sonhos.

Na verdade, a falta de tempo, ou pelo menos, a aparente falta de tempo (e mais abaixo você vai entender porque eu digo que ela é aparente) é algo extremamente comum hoje e que, na verdade, atinge a maior parte da população.

Bom e se você é uma dessas pessoas que também sofre por achar que não tem tempo suficiente para tudo o que você quer e, sobretudo, que não tem tempo para estudar para conquistar a vaga dos seus sonhos, saiba que não precisa ser assim!

E para te ajudar com isso, neste artigo eu decidi dividir com você algumas coisas importantes que aprendi nos últimos tempos. Além de dar algumas dicas valiosas para que você tenha mais tempo para se dedicar ao que realmente importa na sua vida.

Portanto, este artigo não é sobre a otimização da sua rotina de estudos (embora alguns insights e dicas possam te ajudar com isso). Esse artigo é sobre como otimizar a sua rotina diária, ou seja, todas aquelas outras coisas que você faz enquanto não está estudando.

Sendo assim, esse artigo serve para qualquer pessoa que queira se tornar mais produtivo e ter mais tempo, nesse caso específico, para estudar.

No entanto, você também pode escolher utilizar o tempo da forma que quiser, como para terminar de ler aquele livro que você queria tanto, ou mesmo para passar mais tempo com a família ou com os amigos.

Enfim… a ideia é ter mais tempo para dedicar àquelas coisas que realmente importam e fazem toda a diferença em nossa vida.

Dito isso, vamos ao que interessa, aqui embaixo vou dividir com você algumas idéias super interessantes e algumas dicas práticas de como gastar menos tempo com tarefas desimportantes.

Vamos lá?

 

  1. Estou sendo produtivo ou me ocupando?

Em primeiro lugar quero falar sobre uma ideia que sozinha, já tem a capacidade de mudar completamente a sua rotina.

Você já parou para pensar que existe uma diferença enorme entre ser produtivo e estar ocupado? Pois é, eu também nunca tinha pensando nisso antes de ler sobre o assunto.

Para entender melhor sobre o que estou falando, procure fazer uma breve auto-análise e você irá perceber que a maior parte das coisas que você faz no dia a dia não te levam a lugar nenhum!

Você é daqueles que checa o e-mail a cada uma ou duas horas? Eu era! E acredite, eu perdia, não apenas alguns minutos tentando organizar e responder prontamente a tudo que aparecia, eu perdia horas todos os dias!

É claro que tudo depende muito da sua rotina, que provavelmente, é completamente diferente da minha. Sei que muitos concurseiros também enfrentam 8 horas diárias de trabalho, além de fazer faculdade, outros precisam cuidar dos filhos etc.

No entanto, ao entender que estar simplesmente ocupado com tarefas que não são importantes, não te faz mais feliz e não te ajuda a alcançar o que é realmente importante para você.

Uma maneira fácil de definir se você está realmente sendo produtivo ou se ocupando é simplesmente se perguntar ao longo do dia:

“Estou realmente sendo produtivo ou estou me ocupando? Esta tarefa que estou desenvolvendo agora é importante? Eu poderia fazê-la em outro momento ou simplesmente não fazê-la?”

E aqui eu proponho um exercício prático. Como estamos acostumados a nos convencer de que tudo que estamos fazendo é realmente importante, passe uma semana ou alguns dias fazendo essas perguntas acima a si mesmo.

A probabilidade é de que você perceba que muitas vezes ao longo da semana, você está fazendo coisas que não são necessárias, que não te levam a lugar nenhum e que não te fazem felizes de maneira alguma.

 

  1. Identifique o que realmente importa

Você provavelmente irá perceber quanto tempo você perde com coisas pouco importantes e que poderia ser utilizado para você estudar.

Em algum momento da sua vida você já teve aquela impressão de que não conseguia sair do lugar e que não importa o quanto você se esforce e faça tudo o que você pode, você simplesmente não consegue chegar onde quer?

Sei que muitos concurseiros se sentem assim quando a aprovação demora um pouco a chegar. Uma das principais razões pela qual isso acontece é pela falta de definir prioridades.

Um bom exercício é fazer uma lista de quais são suas maiores prioridades na vida, como sua família, passar num concurso, seu trabalho atual, seus amigos, ser saudável e praticar esportes etc.

Essa simples mudança de definir e ter consciência de quais são suas prioridades tem um poder enorme. Portanto, procure não apenas defini-las, mas também se lembrar delas no dia a dia.

Além disso, procure observar e definir tarefas que não são importantes e se livrar delas ou diminuir o tempo que você dedica a elas todos os dias.

Por exemplo, passar horas por dia nas redes sociais pode parecer atrativo agora, no entanto, no futuro, você pode se arrepender de não ter dedicado pelo menos uma parte desse tempo aos estudos.

 

  1. Crie blocos de tarefas

Outra dica super interessante e que te ajuda a ter muito mais tempo é criar blocos de tarefas. Por exemplo, se você precisa passar no mercado todos os dias, por que não fazer isso na volta do trabalho? Se você precisa lavar a louça depois do almoço, já lave enquanto está cozinhando.

E se você acha que isso é besteira, pois você não vai conseguir ganhar muito tempo, pense que se você ganhar 30 minutos por dia, você terá mais de 3 horas por semana!

Na verdade, dependendo do quanto mais tarefas você conseguir agrupar, maior será o tempo que você encontrará. Mas tome cuidado, pois tarefas importantes não devem ser agrupadas, portanto, nada de fazer outra coisa enquanto está estudando ou trabalhando etc.

Essa dica super simples também faz com que você ganhe muito mais tempo no seu dia a dia. Portanto, procure pensar em todas as tarefas que possam ser agrupadas em sua rotina e faça tudo de uma vez e, de preferência só pare quando terminar.

 

  1. Listas do que fazer e do que não fazer

As boas e velhas listas de tarefa também são de muita ajuda! Pela manhã, ou se possível, na noite anterior, procure listar todas as coisas que você precisa fazer durante o dia.

Isso evita que você perca tempo e que se esqueça de fazer alguma tarefa. Mas não se esqueça de ser realista! Fazer listas enormes e cheias de coisas só vai fazer você se sentir desanimado e desmotivado para realizar todas as tarefas do dia.

Além disso, também procure ter listas do que não fazer e deixá-las num local de fácil visualização.

Se no passo anterior, você definiu, por exemplo, que só irá ler o e-mail duas vezes ao dia (que é algo que eu fiz), anote isso na lista. Isso ajuda a criar o novo hábito e a resistir à tentação de checar o e-mail toda hora.

 

  1. Eficiência X perfeição

Deixa eu te contar uma coisa que imagino que ninguém tenha te falado antes. Você não precisa executar todas as suas tarefas diárias com perfeição, para a maioria delas, ser eficiente é o bastante!

Muitas pessoas têm uma ideia de que precisam executar tudo na vida com perfeição e o resultado disso é que nunca dão conta de tudo o que precisam fazer, porque no fim das contas, falta tempo e energia para tudo.

Você é uma dessas pessoas?

Se é, saiba que não precisa ser assim! Você deve definir o que é realmente importante e que, portanto, você deve dar mais atenção e fazer com perfeição, de todas as outras coisas, sendo que para estas últimas, apenas realizá-las já é o suficiente.

 

  1. O poder de escolha

É muito comum nos sentirmos presos dentro de nossas próprias rotinas e aí então, que coisas como “não tenho tempo”, “não posso”, “não vai dar” começam a aparecer.

No entanto, a boa notícia para você é que não é bem assim, ou pelo menos na maioria das vezes que nos sentimos assim, é sempre possível achar um jeitinho de driblar a situação.

E a melhor maneira de aprender a fazer isso é se conscientizar que você tem poder de escolha. Portanto, se ter tempo para estudar e passar num concurso público é algo importante para você, faça disso uma prioridade na sua vida.

Se você não tem tempo durante a semana para estudar, você pode estudar duas horas todo o final de semana. Provavelmente sua aprovação não será tão rápida, no entanto, ela acontecerá. E, afinal de contas, não é isso que importa?

Se você é mãe, você pode encontrar alguma tarefa para as crianças realizarem duas ou três vezes na semana, como um esporte ou algum curso e aproveitar para estudar nesse tempo.

Lembre-se que você tem poder de escolha, então faça bom uso dele! Escolha o que é mais importante na sua vida e corra atrás dos seus sonhos.

 

Essas são algumas das dicas que me ajudaram a tornar minha rotina muito mais produtiva e a ter mais tempo para me dedicar a coisas que realmente são importantes para mim.

Espero que, da mesma forma, elas ajudem você a encontrar tempo na sua rotina para estudar e realizar o seu sonho de passar num concurso público. E que daqui para frente você não precise mais repetir a frase: “Eu não tenho tempo para estudar!”

 

E se você ainda não leu, confira também nosso último artigo: Como escolher o concurso certo para você? Quais fatores influenciam na escolha?

 

Abraço, bons estudos e até o próximo artigo!

Sobre Daniele Freitas

Formada em Letras pela UNESP, com habilitação em Língua Portuguesa e Inglesa. Experiência como professora de Língua Portuguesa para todas as idades. Trabalhando há 3 anos como redatora especializada na área de estudos e preparação para concursos públicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *